VOCÊ QUER SER CURADO?

28 jul

“Quando o viu deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: você quer ser curado?” (João 5:6).

As palavras de Jesus ao paralítico de Betesda sempre me chamaram a atenção. Por um simples motivo: eu lia Betesda como sendo um lugar de cura. Se é um lugar de cura, obviamente que todos ali desejavam ser curados… Ou não?

Lendo mais atentamente, e permitindo que a revelação me alcançasse, percebi que não. Betesda era somente um aglomerado de doentes e, em alguns casos, enfermos profissionais. Era uma concentração de pessoas que vivia em torno da própria doença.

Comecei a pensar na igreja contemporânea. Lugar de cura? Ou concentração de enfermos?

Sou um adepto da idéia de que a igreja deva ser um grande hospital. Todos os enfermos, os traumatizados, os dilacerados têm vez no santo corpo de Cristo. Na igreja, pessoas completamente consumidas pelas enfermidades que as excluíam podem ser incluídas para recomeçar. Mas é preciso desejar a cura.

Pode parecer que Jesus estivesse brincando com o enfermo. “Queres ser curado?” – ora essa, não será verdade que todo paralítico sonha em andar? Bem, acho que Jesus não pensa assim. Ele, que sonda os corações e julga as atitudes, queria ver a intenção real daquele homem. Jesus não estava convencido de que aquele homem desejava a cura. Talvez ele tivesse se acostumado com a esmola e a paralisia. Talvez, sua maior doença não fosse física.

Todos precisamos de cura, mas nem todos queremos ser curados. Nossas igrejas estão cheia de pessoas que estão cegas mas não querem ver, imobilizadas mas não querem caminhar, leprosas mas não querem alcançar a inteireza. Há também os que até buscam a cura, mas para as enfermidades erradas ou menos prioritárias.

Hoje mesmo sinto como se Jesus me perguntasse: “Queres ser curado?”. Embora o meu primeiro impulso seja responder positivamente, uma análise honesta das minha atitudes e prioridades pode denunciar que não, ou nem tanto. E você? Quer ser curado?

Mário Freitas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: