ENTRE FUNERAIS E FESTAS

29 ago

CONSIDERANDO A SENSIBILIDADE PASTORAL

Ontem, sábado de sol, dia lindo. Acordei cedo, tomei um banho, vesti-me adequadamente e saí para o Cemitério da Paz em Belo Horizonte. Às 9h eu participaria do culto fúnebre de Roger, jovem de 20 anos que morrera num acidente de moto algumas horas antes.

O ambiente era o pior possível: uma mãe desolada, um pai em estado de choque, e dezenas de jovens chorando como nunca. Roger morrera de madrugada, voltando de uma festa. Além de toda a dificuldade do luto, fica sempre difícil ter o que dizer numa hora dessas, visto que o jovem não caminhava com Deus. Nossas convicções soteriológicas não lhe outorgariam garantias positivas. Só o que fiz foi clamar pela misericórdia de Deus.

Nesse mesmo dia, a partir das 17h, recebi em casa dezenas de amigos com seus filhinhos para celebrar o aniversário de 4 anos de minha filha Pietra. Tinha pula-pula, piscina de bolinhas e muitos doces e salgadinhos. O ambiente era festivo. Mas minha cabeça não parava de funcionar.

Fiquei pensando como deveria ser quando Roger tinha quatro anos. Pensei nos aniversários dele, nos amiguinhos, nos pais. Vi-me chorando num canto da festa de minha própria filha. Saí do salão de festas, subi ao apartamento, tranquei-me no banheiro e deixei que viessem as lágrimas.

Curioso é que pela manhã eu não chorara no funeral. Agora, chorava desenfreadamente no aniversário de minha própria filha. Os sentimentos se misturaram. Comecei a questionar se, como pastor, sei mesmo me alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram (Rm.12:15).

A verdade é que a tragédia vai tomando proporções de normalidade, e nossa sensibilidade vai a pique. Chegamos quase ao ponto de felicitar em funerais e consolar em aniversários. Sim, embola tudo. Precisei da que a Graça do Senhor me socorresse.

E Ele socorreu. Que Deus tenha misericórdia. De mim. De Pietra. Da família de Roger. E de toda a Sua igreja. Amém!

*Por Mário Freitas

Anúncios

4 Respostas to “ENTRE FUNERAIS E FESTAS”

  1. renato vargens agosto 29, 2010 às 4:27 pm #

    Mário,

    O ministério pastoral é uma das atividades mais extressantes que um ser humano pode experimentar. Geralmente no mesmo dia rimos e choramos, nos alegramos e nos entristecemos, festejamos a vida e lamentamos a morte.

    Que Deus abençoe a vc, sua familia e a familia deste rapaz que perdeu a vida de forma tão trágica.

    Abraços,

    Renato Vargens

  2. André Sanchez agosto 29, 2010 às 8:32 pm #

    Bastante difícil as situações não é Mário?

    O ministério pastoral é realmente extressante, e ao mesmo tempo gratificante. Realmente um desafio!

    Abraço!!!

  3. Leonardo Gonçalves agosto 30, 2010 às 8:16 am #

    Pr Mario,

    Impossível nao identificar-me com este texto. Só quem é pastor (de verdade; nao estes picaretas que tem por aí) sabe a tensao do que é o ministério. Taquicardia, dor nas juntas do corpo, enxaquecas, mal humor, uma vulnerabilidade que as vezes me faz insensível como uma pedra, e outras vezes me faz chorar e me emocionar por tudo, como uma mulher grávida.

    Além disso existem as cobranças, as traiçoes e a ingratidao, fel na alma de muitos ministros.

    Li seu texto e chorei. Talvez eu esteja naqueles dias de vulnerabilidade que mencionei acima. Mas pouca gente vai saber disso, porque pastor nao chora, e quando chora se tranca no banheiro, para nao preocupar a esposa nem assustar os filhos…

    As palavras acabaram. Secaram. Acho que vou dormir, afinal, amanha é outro dia, e há muito por fazer.

    Grande abraço, deste que viveu pouco, mas que entende cada linha do que aí está, mas que também sabe que o poder de Deus se aperfeiçoa em nossas fraquezas.

    Paz e bem.

  4. FÉ ATIVA agosto 30, 2010 às 11:44 am #

    Obrigado pelas réplicas sensíveis e autênticas. Estamos juntos neste que é o verdadeiro ministério outorgado por Jesus de Nazaré!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: